Você está em Meditação

Meditações Ativas


 

Todo o conteúdo exposto acima e até aqui nos remete àquele tipo de percepção da meditação mais tradicional, uma meditação que para quem a observa percebe o praticante como em que uma atividade estática, em posições sem movimentos externos.

Esse tipo de abordagem sobre a meditação tem seus méritos e benefícios, mas também suas limitações e perigos, dentre eles o de fortalecer padrões internos profundos que a pessoa já apresenta. É comum, por exemplo, a pessoa fazer da meditação mais uma obrigação ou até mesmo mais uma luta dentre as diversas que ela já abraça há muito, muito tempo. É comum também as pessoas acentuarem processos de dores musculares meditando.

Fazer da meditação mais um elemento inconsciente para engessar tendências naturais do nosso ser também pode trazer em si riscos intrínsecos e potencialmente perigosos, no mínimo paralisantes, pois todo sentimento e/ou toda tendência natural da energia de nossa essência que é represado ou contido, tende um dia a vir para fora, inclusive sob a forma de explosão através das camadas psíquicas / emocionais que as encouraçaram.

Um ótimo exemplo sobre esse tipo de padrão está associado às defesas de personalidade, dentro do seguinte contexto:

Defesa Padrão com tendência a ser fortalecido durante a meditação
Desconectada entrar na estratosfera e se distanciar ainda mais da percepção da vida da terra, do cotidiano. Achar que através de suas meditações está atingindo estágios e visões que ninguém mais atinge ou vê. Criar um mundo fantasioso a respeito de si e reforçar uma superioridade fria.
Oral achar que a meditação será a cura de todos os seus males e problemas, que trará um mar de rosas para sua vida (embora isso aconteça, não ocorre desde o começo do processo e pode ocorrer mesmo de ficar várias anos nas fases iniciais de dureza e não de colheita de frutos. Normalmente, a colheita de frutos é progressiva, mas se a expectativa não for ajustada pode distorcer a percepção do processo…).
Controladora  transformar a meditação em uma luta de si consigo mesmo. Aproveitá-la para mais uma vez controlar todos os mínimos detalhes de tudo o que acontece à sua volta (numa hipótese “boa”, controlar ainda tudo o que acontece dentro de si).
Invadido  fechar-se ainda mais dentro de si; lançar-se a idéias, divagações e descobertas cada vez mais confusas e intrincadas, sem que sirvam para lhe estruturarem as crenças e ainda se acumulem sob a forma de mais e mais criações não manifestadas.
Rígida  reforçar e encouraçar mais ainda crenças e a estrutura muscular já inflexível do próprio corpo.

O conceito de meditação ativa é bastante útil e deve ser conhecido e praticado por quem tem real interesse em integrar métodos produtivos de satisfação e evolução pessoal. Muitos livros falam sobre meditar andando, cada um com suas técnicas e particularidades. Também podemos meditar dançando (o contato e improvisação é um instrumento maravilhoso de meditação ativa), hiperventilando, fazendo exercícios físicos, malabares, sexo ou ainda muitas outras atividades, até conseguirmos integrar o conceito citado acima de que meditar é viver sua própria vida. Neste estágio, nos sentiremos meditando ao longo de todo o dia, e também de toda a noite…

Também podemos citar a pescaria de lazer como uma atividade que leva a pessoa a estágios meditativos, fazendo com que a freqüência mental tenha a tendência a ressonar com a freqüência da Terra, em torno de 8 ciclos por segundo (há algumas teorias inclusive que dizem que esta freqüência da Terra está aumentando…).

As meditações ativas propostas por Osho são valiosos instrumentos dentro dessa linha, trazendo inclusive técnicas que nos permitem a entrega a estados catárticos, os quais se constituem em excelentes instrumentos para liberação emocional, evitando o distanciamento com a energia de nossas próprias essências, ativando assim a vitalidade e o prazer da manifestação. Pesquise a esse respeito em www.osho.com (há conteúdo disponível em português). Dê a si mesmo o presente de poder se abrir para esse tipo de experiência.

<Anterior Próximo>

Deixe Seu Comentário

Comentário(s) para Meditação.
Se seu post não aparecer imediatamente, atualize a página pois ele já deve estar ativo.