Você está emO Processo de Cura” –

Responsabilidade Pessoal


Os sinais […] indicam trechos disponibilizados apenas na VERSÃO COMPLETA enviada por e-mail ou no livro Caminhos da Cura.


A responsabilidade pessoal por si própria é um dos maiores canais de cura. Entretanto, este é um caminho que se trilha lentamente, ancorando progressivamente consciência e responsabilidade sobre tudo o que possa nos acontecer.

Toda manifestação de nosso ser possui um correspondente em cada um de nossos corpos. Assim, em relação a nossas doenças, é muito interessante procurarmos entender os correspondentes psicológicos, emocionais, espirituais e físicos que nos levaram àquela situação.

[…]

Vale ressaltar que a questão deve ser focada sob a ótica da responsabilidade e não da culpa (que são polaridades do mesmo sentimento…), tanto por parte de quem passa por qualquer sofrimento quanto por quem se apresenta apenas como parte externa do processo. Claro que uma criatura não sofre por opção consciente (a razão é limitada para isso, o espírito e o plano causal não…). Para quem toma parte como expectador do sofrimento de um outro ser qualquer não cabe julgamento algum. A compaixão deve ser a atitude do observador, manifestada dentro do maior grau de alcance que sua consciência puder atingir.

Há uma abordagem muito interessante complementar a este conteúdo no texto “O propósito dos grupos de terapia do Osho“. Vale à pena conferir.

<Anterior Próximo>

Referências

Deixe Seu Comentário

Comentário(s)