Você está emO Processo de Cura” –

Dando Vazão a Conteúdos Mentais


Uma das grandes dificuldades que temos em parar a mente e/ou nos conectarmos no presente é por conta do grande volume de conteúdos que brotam incessantemente em nossos pensamentos.

A linearidade mental parece exigir constantemente nossa atenção, desviando nossas energias psíquicas e vitais para os mais diversos tipos de comportamentos, atitudes e sentimentos.

Veja, por exemplo, as distorções temporais (apoiadas no movimento mental…) ligadas a cada uma das 5 estruturas de defesas de personalidade:

Esquizóide  Oral  Psicótica  Masoquista  Rígida
Experimenta o tempo universal; é incapaz de sentir o tempo linear ou de viver no presente, no mundo físico Nunca tem tempo suficiente Lança-se para o futuro Sente que o desdobramento temporal se deteve Sente o austero e mecânico movimento do tempo para frente

Para calar a mente, uma das chaves está em dar vazão ao maior número possível de conteúdos mentais represados. Seguem algumas dicas:

  • Algumas, ou muitas, pessoas têm o desconhecimento do que é a sensação de dever cumprido, tão grande é o volume de coisas, ações e tarefas represados na mente e que recorrentemente insistem em brotar mesmo nos momentos de relaxamento, nos finais de semana, nas férias… Então:

1. Priorize suas ações tomando como base aquela história de escolher para colocar dentro do “pote” que você é, primeiro as “pedras grandes”(*), depois as pequenas, depois a areia e por último a água, sem inverter essa ordem (o que ocorre normalmente…). Faça isso numa macro escala e isso irá acontecendo depois automaticamente em relação às questões do dia a dia.

2. Finalize o máximo possível de tarefas inacabadas e encaminhe ao máximo suas questões em pequenas e grandes escalas. Pode ser que um de seus projetos seja algo que só irá acontecer bem mais pra frente, mas pode haver algo por agora a ser encaminhado para que isso venha a ocorrer. Faça isso agora. Não dê brecha pra sua mente ficar cobrando sobre essa coisa…

Ao revisar suas tarefas, apague todas aquelas que não fazem mais sentido. É muito comum uma tarefa apresentar-se como muito importante em um momento e dias, semanas, meses depois não ter mais importância.

Em médio prazo, você conseguirá ter momentos de sensação de dever cumprido, com tendência a serem cada vez mais constantes e duradouros;

(*) Suas “pedras grandes” podem ser, por exemplo, dinheiro e fama, ou então saúde, família, realização profissional…

  • Escrever de uma forma em geral: anotar sonhos; poesias; textos diversos ou específicos (como, por exemplo, se estivesse falando para determinada pessoa o que sente à respeito da sua relação com ela). Seus textos não precisam ter. necessariamente. uma destinação ou chegar a um fim em específico. Se for o caso, você poderá até se desfazer, ou mesmo queimar, alguns conteúdos após anotá-los;
  • Colocar uma página pessoal na internet, um blog, foto log, entrar para um site gerenciador de relacionamentos e de comunidades. Esse tipo de ação nos ajuda a fortalecer o sentimento de afirmação pessoal e dar tranqüilidade em relação à concretização de nossa necessidade espiritual de dizermos ao mundo quem somos, além de nos ajudar a criar um ambiente adequado para discernir quais os nossos conteúdos internos que estão ainda em fase de elaboração (e que, portanto, devem permanecer não revelados, protegidos) e quais já estão maduros para serem expostos;
  • Organizar um plano de vida, estabelecer prioridades e urgências (muitas vezes estamos tão longe de uma clareza sobre nossos conteúdos internos que chega a ser necessário começar por definir até mesmo quem realmente somos…)
  • Nosso processo mental dominante tem sido linear. Treinada, a mente começa a dissolver urgências que ela própria costuma trazer à tona uma vez que essas mesmas urgências já tenham sido priorizadas e, por conseqüência, não se encontrem mais no plano de ação imediata, ou dependam de tarefas, atividades e realizações prévias. A mente evita sempre o “retrabalho” e o raciocínio duplicado em cima das mesmas questões. Você pode escrever um projeto (de vida) por conta própria [ver Quem é Você] ou também recorrer à ajuda de um profissional que possa apoiá-lo(a) em seu(s) projeto(s) e estratégia(s).

.

Oráculos / Arquétipos / Assemelhados

Item disponível apenas na VERSÃO COMPLETA ou no livro Caminhos da Cura.

Nos filmes Matrix I e II há uma abordagem extremamente primorosa sobre as questões deste tópico. (veja o texto à respeito do primeiro filme da série para captar um pouco sobre o assunto. É uma leitura fascinante).

<Anterior Próximo>

Referências

Deixe Seu Comentário

Comentário(s)