Atenuando a Ansiedade


Quando ansioso, tente essas alternativas percebendo qual se adapta melhor a você.

Sugestões para atenuar a ansiedade com práticas respiratórias:

  1. Respire ampla, profunda e pausadamente; Se não conseguir fazer assim, contenha a respiração completamente;
  2. Não conseguindo nenhuma das duas possibilidades anteriores, respire rápida e superficialmente – “respiração de cachorrinho cansado”, até que consiga realizar outro ritmo respiratório mais suave;
  3. Concentre-se em seu interior (será necessário ter o propósito de se afastar por alguns momentos das preocupações correntes); para realizar isso, inspire profundamente duas vezes. Focalize sua atenção na respiração até que tenha terminado de exalar; fique sem respirar durante alguns segundos antes de inspirar novamente. Repita algumas vezes. Concentre a atenção na região do peito, imaginando que está respirando através do peito (respiração torácica, veja mais sobre este tipo de respiração na seção sobre os exercícios respiratórios); tendo facilidade com exercícios de visualização, imagine cenas que lhe tragam paz e conforto. Focar sentimentos de gratidão e amor será particularmente interessante.

Este item faz um resumo um tanto coeso de um conceito denominado “coerência cardíaca”, muito bem explicado, com embasamentos científicos, no livro “Curar o stress, a ansiedade e a depressão sem medicamento nem psicanálise”, do Dr. David Servan-Schreiber.


O inconsciente e o Corpo

Item disponível apenas na VERSÃO COMPLETA enviada por e-mail ou no livro Caminhos da Cura.


< anterior Próximo >

Referências

Deixe Seu Comentário

Comentário(s) para Respiração Consciente.
Se seu post não aparecer imediatamente, atualize a página pois ele já deve estar ativo.